Que vergonha!

Posted on 24/02/2014 por

2


Retrospectiva 2013

Curta Crônicas

Por Luigi Spreafico

“Escarafunchei os meandros da memória”, como dizia Inocêncio Bico Doce,  à cata das coisas de que eu gostava e que me envergonhavam. Não faltaram exemplos. De alguns eu me redimi. De outros, nem tanto, e continuo inadimplente, contando com a complacência humana e a misericórdia divina para dissipá-los. Pouco extrai desta introspecção que me levasse a uma penitência maior. Mas, devo confessar, se existe  uma coisa de que gosto, mas me envergonho, é escrever. Envergonho-me pelos erros de gramática que cometo. Envergonho-me por não conhecer as regras básicas da escrita. Envergonho-me pela preguiça que tenho de ir aos dicionários, pior, envergonho-me por não ter dicionários.   Envergonho-me por não saber se é cozinha ou cosinha, se é viagem ou viajem, xícara ou chícara, macaxeira ou macacheira. Envergonho-me por não ter estudado a reforma ortográfica, posto que nada sabia da língua antes da reforma. Envergonho-me por não confiar num…

Ver o post original 111 mais palavras

Anúncios
Posted in: Uncategorized