Alexandre Vicente

 

Foto conspiração

O escritor, músico  e compositor Alexandre Vicente é carioca e formou-se em Direito pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Em 2012 publicou seu primeiro livro chamado “As cores de um crime” (Ed. Livre Expressão – 2012) e “Conspiração” (Ed. Scortecci, 2014). As obras foram muito bem recebidas pelo público e obteve grande vendagem para um mercado chamado “independente”.

Cursou as  Oficinas da Crônica de Felipe Pena e de Contos de Luiz Ruffato da Estação das Letras

Na área musical concluiu os cursos de Harmonia (com Claudio Bergamini) e Percepção (com Dalton Coelho e Claudio Bergamini) no Centro Ian Guest de Aperfeiçoamento Musical (CIGAM) e a Oficina de Arranjo com o professor e compositor Ian Guest.

Participou d0 4° Salão de Leitura de Niterói e da 1º Bienal do Livro de Brasília (2012), onde dividiu os estúdios da Rádio Agência Nacional com a escritora Martha Medeiros, participando do programa Espaço Arte.

Publicou no blog Crônica da Semana (cronicadasemana.com.br) durante dois anos e Sanduba de Mostarda. Foi selecionado para integrar o projeto 10001 autores (http://www.projeto10001autores.com.br/) com lançamento para breve.

Blog: http://cronicadasemana.wordpress.com/

Leia as crônicas de Alexandre Vicente

Para adquirir os livros mande uma mensagem para o Curta Crônicas ou pelo site da Amazon (http://www.amazon.com.br/s/ref=nb_sb_noss/191-5372853-1310068?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&url=search-alias%3Daps&field-keywords=as%20cores%20de%20um%20crime)

 

As cores                                                  Conspiração

4 Responses “Alexandre Vicente” →
  1. 🙂

    Responder

  2. Alexandre A. Ruiz

    29/11/2014

    AMIGOS E AMIGOS (Por: Alexandre Ruiz – Alx Sr Dh)
    Estava em mais uma dessas tarde de sábado onde vc encerra todas as atividades da semana, planejava eu como seria a noite daquele dia, daquele que me refiro é esse mesmo o dia de sábado.
    Oi, – eu falei a um amigo virtual de facebook.
    E ae – disse ele.
    Blz – continuou ele.
    🙂 – expressou ele.
    Sempre sorridente ai – observei.
    Ne – confirmou ele.
    Pois éh – concordou eu.
    Fazendo de bom – perguntou eu.
    Deitado e vc – respondeu ele já perguntando.
    Rsrsrsr – sorri.
    Sentado – respondi eu.
    Estou terminando umas crônicas aqui, e tenho que estar sentado pra digitar – justifiquei a resposta.
    Rsrsrs – sorri.
    Hum, legal – admirou ele.
    E bate papo vai e bate papo vem, propus uma crônica, e agora o que era atividade de fim de sábado se torna atividade de inicio de noite de sábado, e aqui estou eu, debruçado sobre o notebook, pensando em um amigo virtual, o nome dele, hum, deixa eu ver, tudo bem é dele mesmo, e isso me levou a pensar nas amizades que surgem nas mais variadas das situações.
    Quando eu era menino fazia coisas de menino, fazia brincadeira de meninos com os meninos a e algumas meninas que eram aceitas nesse grupo por serem legais e víamos, agíamos e interagíamos juntos, mas tudo bem, o que quero dizer que pouca coisa mudou de minha época de menino a agora em tempos virtuais, não vejo mais os amigos de quando menino e busquei então novos amigos, sim esses mesmo de tempos virtuais.
    Conheci então o amigo que o nome é, dele. Lembram-se? , então, sei como ele é na aparência, como é seu sorriso, e sei também quando está apaixonado, pra impressionar é claro ou matar de inveja os amigos e amigos de amigos, virtuais e de tempo de menino, faz parte, a rede é grande. Rsrsr, ele foi ao cinema com os amigos de tempos de menino, e os amigos virtuais num vai, não, porque não? Simples porque são virtuais ai não vai, mas depois veem nos postais.
    Ele é meu amigo, mas não de tempos de menino, acho que quero voltar em tempos de menino.

    (queria sua opinião critica ao texto que escrevi, pode ser considerado uma cronica?)

    Responder
    • Oi Xará, enxergo como crônica sim e das boas. Infelizmente não tenho títulos ou chancelas que me qualifiquem a julgar o seu trabalho. Apenas escrevo o que gosto e se vc faz o mesmo, acho que estamos no caminho certo.
      Parabéns e um abraço virtual, mas muito fraterno.

      Alexandre

      Responder

      • Alexandre A. Ruiz

        26/12/2014

        Obrigado, tem muita gentileza em suas palavras, me alegro e poder apreciar seus textos e a maestria com que maneja as palavras em uma arte que muito me agrada.
        Sucesso sempre.

        Alexandre Ruiz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: