Browsing All posts tagged under »Tânia Barroso«

Cidade Maravilhosa

novembro 23, 2015 por

0

Tânia Barroso   Era uma vez, uma menina de 14 anos que se apaixonou por seu professor de francês… Também pudera. Ele nos incitava sonhos. Nos mostrava a França em slides coloridos. Percorríamos ruas de Paris e vielas do interior afetadas pela guerra e reconstruídas. Cantávamos a Marselhesa e músicas do folclore francês. Quem lembra […]

Lá é o Paraíso

setembro 24, 2015 por

6

Por Tânia Barroso   Dia de esvaziar a casa, trancar a porta, passar a chave. Fechava-se o ciclo. Agora só as lembranças falariam dos momentos mágicos que vivemos alí com absoluta intensidade e deslumbramento. Fiz na serra minha casinha de boneca, como sonhara ainda menina. Dei ao lugar o nome de “Paraíso”. A ele todo […]

A Partilha

agosto 20, 2015 por

2

Por Tânia Barroso   Velhas amigas reunidas no restaurante. Faltava a aniversariante. De repente,  Dagmar anuncia: – Graças a Deus! Vem, Yolanda. Já estou com uma fome danada! Costumo almoçar meio dia em ponto e já é meio dia e meia. – Yolanda? Aquela mulher que está entrando é uma senhorinha de uns 80 anos. […]

Onde é que há gente?

julho 23, 2015 por

3

Por Tânia Barroso “Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.” Poema em Linha Reta Fernando Pessoa Quando pensei neste poema, custei a lembrar seu autor. Me ocorreu  Martha Medeiros e suas considerações sobre os dias de hoje. Nada disso. Era o grande Mestre, poeta português, Fernando Pessoa […]

Sinestesia

junho 22, 2015 por

2

Por Tânia Barroso Vários sentidos. Luminosidade única a cada uma. Múltiplos movimentos. Infinitas direções. Escolho uma. O vento poderá alterar. Vou ao mar. A maré, quem sabe, me trará de volta à areia? Me exponho ao sol. Ele se esconde atrás das nuvens. Olho em volta e para trás e me pergunto o quanto falta […]

Vidas em cores

maio 25, 2015 por

3

  Por Tânia Barroso   Veio pelo WhatsApp a imagem de Mara que coloria desenhos. É moda! De imediato passei minha mensagem dizendo quanto admirava a mãe, agora distante de seus filhos, que criou com enorme dose de amor e dedicação,  se voltasse a colorir desenhos. Forma coerente de dizer que continua desejando o melhor […]

Teu recanto Tua presença

abril 23, 2015 por

3

                                   Por Tânia Barroso       Entregador bateu na porta da vizinha. Devolvia  edredon lavado na tinturaria. Era verão de torrar, principalmente quem andava na rua. Edna olhou o rapaz que suava exageradamente. Ofereceu-lhe um copo de mate geladinho. Ele […]